Início » Cultura e Entretenimento » Cia. Jovem de Dança de Jundiaí ganha prêmio com coreografias gravadas em patrimônios da cidade

Cia. Jovem de Dança de Jundiaí ganha prêmio com coreografias gravadas em patrimônios da cidade

Prêmio “Projeto, Programa, Difusão e Memória”, da Associação Paulista de Críticos de Artes, é um dos das mais importantes do país

Essa é pra comemorar, hein! A Cia. Jovem de Dança de Jundiaí, corpo artístico ligado à Unidade de Gestão de Cultura (UGC), foi a vencedora do prêmio técnico “Projeto, Programa, Difusão e Memória” da Associação Paulista de Críticos de Artes, com série de vídeos da programação do Mês do Patrimônio de 2021. O resultado da premiação, uma das mais importantes no segmento em todo o País, foi divulgado nessa segunda-feira (31) após votação do júri.

Com coreografia de Alex Soares, diretor artístico da companhia, a série de vídeos foi gravada em locais icônicos da cidade, como o Complexo Fepasa, a Serra do Japi e o Teatro Polytheama e abria as atividades da programação temática, transmitida pelas redes sociais da Cultura em agosto.

Mosaico de seis prints de telas de bailarinos da Cia. Jovem de Dança de Jundiaí em diversos ambientes, como na natureza, entre prateleiras de livros, salão com pinturas nas paredes, sobre calçada em frente a residências, em palco de teatro e em frente a prédio de tijolos à vista iluminado
A Serra do Japi, Gabinete de Leitura, Solar do Barão, Vila Argos, Teatro Polytheama e Complexo Fepasa foram os cenários para os vídeos. (Foto: PMJ/ Divulgação)

O gestor da UGC, Marcelo Peroni, comemorou a premiação para Jundiaí. “Este reconhecimento inédito coroa os investimentos feitos pela Prefeitura nos corpos artísticos nestes últimos anos, importantes pelo movimento cultural na cidade que eles geram. Além da alegria que a premiação traz, ela também coloca Jundiaí em lugar de destaque no cenário artístico e profissional.”

Celebrar e viver Jundiaí

Para Alex Soares, o reconhecimento é motivo de celebração e resultado dos esforços de muita gente. “Além da felicidade de receber um prêmio da APCA, que, para a Dança, é um dos mais tradicionais e prestigiados, a notícia me trouxe também lembranças afetivas muito boas do processo de produção destes materiais. Num momento de reabertura após a pandemia, a companhia abraçou a proposta do Departamento de Patrimônio Histórico (DPH) e debruçou-se nestes espaços da cidade, criando com eles uma conexão muito forte. Este prêmio nos traz uma projeção entre pessoas que fazem há anos um trabalho artístico de qualidade e coroa todos os nossos esforços de reinvenção durante a pandemia”, comemorou.

O diretor do DPH da UGC, Elizeu Marcos Franco, recorda o processo de concepção dos vídeos premiados. “Queríamos que as vinhetas do Mês do Patrimônio apresentassem estes locais tão especiais da nossa cidade aos participantes, que eram de todas as localidades do país. Por isso, convidamos a companhia para que ela produzisse um conteúdo em que os bailarinos interagissem com esses locais por meio da dança. A execução primorosa das coreografias, pura poesia, não só deu cara à nossa programação, como também mostrou a envergadura das ações da UGC e trouxe reconhecimento aos esforços de todos”.

Reconhecimento da dança de Jundiaí

Esta foi a segunda indicação da companhia pela associação. No ano passado, na categoria Criação, o grupo já havia concorrido na coreografia “P.A.Q.U.I.T.A.”, que significa passos aleatórios que um impulso te apresenta e faz referência a um balé de mesmo nome.

A tradicional cerimônia de premiação da APCA encontra-se ainda em fase de definição, sem data definida, mas devendo acontecer ainda no primeiro semestre de 2022.

E você pode assistir aos vídeos da Cia. Jovem de Dança de Jundiaí no canal da Cultura no YouTube. Aproveita que é de graça e prestigie os jovens artistas da nossa terra! 🙂

Bailarinos homens e mulheres da Cia. Jovem de Dança de Jundiaí com calças pretas e parte superior cor bege, dançando sobre palco iluminado com fumaça e enfeites metálicos ao fundo
Companhia foi retomada pela Cultura em 2018 com proposta de composição jovem. (Foto: PMJ/ Divulgação)

Textos e fotos: Prefeitura de Jundiaí

Comente sobre esse assunto!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.